Mostrando postagens com marcador banco. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador banco. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 23 de março de 2017

Foi preso Neguinho do Gás, um dos lideres da quadrilha de assalto a banco que agia no município de Barra

Foto: Diógenes Fernandes/Polícia Civil


Foi preso na madrugada desta quinta-feira (23) na cidade de Bananeiras, no Brejo paraibano o empresário Erivaldo Nascimento dos Santos, 39 anos, ele é suspeito de liderar uma quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos nos Estados da Paraíba e Pernambuco.

De acordo com informações da Polícia Civil, a prisão do empresário aconteceu após uma denúncia anônima e ocorreu num condomínio no distrito Chã de Lindolfo, zona rural de Bananeiras. Ele ainda tentou fugir pulando um muro e se machucou, mas acabou capturado pelos policiais. No momento em que foi capturado , o suspeito estava portando documentos falsos ele foi encaminhado para a Delegacia de Solânea, onde prestou depoimento e deve ser levado para a cadeia pública da cidade.


O Preso é suspeito de ser um dos líderes de uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos na Paraíba e no Pernambuco e já havia tido o mandado de prisão expedido pela Justiça na quarta-feira (22). Ele é apontado como o dono de um arsenal que foi encontrado nas cidades de Queimadas e Barra de Santana, no mês de novembro do ano passado.

Na ocasião, a polícia apreendeu, munições, explosivos, máscaras de palhaços, seis fuzis, uma submetralhadora, cinco pistolas e nove coletes à prova de balas. Entre os explosivos, pelo menos 29 dinamites com detonadores estavam nos materiais.

Ainda conforme a Polícia Civil, o empresário Erivaldo Nascimento dos Santos, conhecido como "Neguinho do Gás", atua em Campina Grande, no ramo de revenda de gás de cozinha e similares. A investigação já durava meses e após exames periciais ficou constatado que as armas apreendidas serviam a uma quadrilha que explodia caixas eletrônicos. Dentre os armamentos estavam fuzis de fabricação russa.

com G1 PB

sexta-feira, 3 de março de 2017

Polícia prende suspeito de dar apoio a quadrilha que realizava esplosões a banco

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, deu cumprimento a mandado de prisão, na tarde desta quinta-feira (2/3), em desfavor de um homem de 52 anos, investigado por dar apoio a uma quadrilha de ataques e explosões de caixas eletrônicos e agências bancárias com atuação nos Estados da Paraíba e Pernambuco. A prisão aconteceu no bairro do Catolé, em Campina Grande.

De acordo com o delegado Cristiano Santana, as investigações foram iniciadas desde novembro de 2016, quando, no dia 25, uma ação policial desarticulou, no município de Barra de Santana, uma quadrilha e efetuou uma das maiores apreensões de armas, no Estado da Paraíba. Durante ação, foram localizadas uma submetralhadora, 5 fuzis AK, 6 pistolas, cerca de 1.000 munições, dinamites, coletes à prova de bala, roupas camufladas, dentre outras, que eram utilizadas pela quadrilha, que foi desmantelada, tendo como resultado, além da mega apreensão, três prisões.

Segundo a autoridade policial o suspeito era procurado também pela Polícia Civil de Pernambuco, onde há, pelo mesmo crime, inquérito policial instaurado. O suspeito era o proprietário do imóvel rural, localizado no município de Barra de Santana, onde ele cedia o espaço da sua propriedade para guarda e depósito das armas de grosso calibre e demais equipamentos a serem utilizadas pela quadrilha, em outras ações nos dois Estados.

O suspeito foi levado para carceragem da Central de Polícia, onde aguarda audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

com Ascom PC

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Armas e explosivos são encontrados na zona rural do municipio

Foto: Capitã Luciana Firme/Polícia Militar

A Policia Militar da Paraíba, apreendeu na madrugada desta sexta-feira (25) armas e explosivos próximo ao sitio pedra D´água zona rural do município de Barra de Santana e também no município de Queimadas. De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, essa seria uma das maiores apreensões de armas da história do Estado da Paraíba. Duas pessoas já foram presas.

Ainda segundo a PM, os suspeitos estariam planejando explodir caixas eletrônicos de agências bancárias da região. A ação da polícia aconteceu por volta de 1h20 (horário local).


Ao todo, foram encontrados seis fuzis, uma submetralhadora, cinco pistolas, aproximadamente 1.500 munições, dez coletes à prova de balas, roupas camufladas e fantasias de palhaço. Entre os explosivos, pelo menos 29 dinamites com detonadores estavam nos materiais. Também foram encontrados 18 baldes com grampos que são usados após as explosões para serem espalhados em rodovias.
Vídeo: Tv Paraíba

Nas propriedades, a PM achou três veículos, um automóvel modelo Celta, uma Ranger Rover e uma motocicleta Pop. Eles seriam usados nas ações criminosas. Dentre os presos estão Michael Silva e Adriano Costa. Todo o resultado da apreensão e os dois homens presos foram levados para a Delegacia Seccional de Queimadas. De acordo com as investigações da polícia, o material pertencia a um grupo que atuava explodindo bancos em vários estados.

com G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...