Mostrando postagens com marcador agua. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador agua. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 21 de abril de 2017

CAGEPA altera horário de racionamento em barra de santana


Devido a chegada das águas do rio São Francisco ao açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, a Cagepa divulgou o novo cronograma de racionamento para Barra e Santana e mais 18 municípios do Compartimento da Borborema.

Em Barra de Santana, o fornecimento de água acontecerá das 17 horas das quintas-feiras até às 18 horas das sextas-feiras. O novo sistema entra em vigor a partir deste sábado (22).

Estudos do governo, afirmam que em aproximadamente dois meses, os domicílios do município devem ter abastecimento diário e regular. Isso vai acontecer quando o nível do açude superar 8% de sua capacidade – hoje está em 2,9%.

De acordo com o presidente da AESA, João Fernandes “O uso da água do rio Paraíba para irrigação continua proibido até que seja normalizado o abastecimento de Campina Grande e municípios vizinhos. Nossa prioridade neste momento é a segurança hídrica urbana", explicou.

domingo, 19 de março de 2017

Transposição do São Francisco: Caravana de Barra de Santana vai até Monteiro

Imagem/antvnews
O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santana organizou uma caravana para ir neste domingo (19) até a cidade de Monteiro, receber o ex-presidente Lula, que tirou do papel o projeto da transposição.

De acordo com o projeto, as águas do Rio São Francisco chegarão ao açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) que se encontra com apenas 3,4% da sua capacidade de acumulação, e vai beneficiar cerca de 716 mil habitantes de Barra de Santana, Campina Grande, Caturité, Queimadas, Pocinhos, Lagoa Seca, Matinhas, São Sebastião de Lagoa de Roça, Alagoa Nova, Boqueirão, Boa Vista, Soledade, Juazeirinho, Cubati, Pedra Lavrada, Olivedos, Seridó e Cabaceiras.

Video/TV Correio
Açude de Boqueirão passa por melhorias, para receber as águas da transposição


Depois de Boqueirão, a água segue para o açude de Acauã, em Itatuba, que pode armazenar até 253 milhões de metros cúbicos de água. O reservatório está com apenas 15,2 milhões de metros cúbicos armazenados. Logo depois, a água vai para o açude de Araçagi, que tem capacidade para em 63,2 milhões de metros cúbicos de água e está com 44 milhões.

Do império até hoje: Transposição vira realidade

A transposição do Rio São Francisco foi pensada no período do império no Brasil, mas foi iniciada somente em 2007. Cerca de 5,6 mil trabalhadores atuaram, nesta reta final, nos dois eixos de transferência de água (Norte e Leste), ao longo dos 477 quilômetros de extensão do empreendimento. O projeto beneficia mais de 12 milhões de habitantes de 390 municípios dos estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará.


Utilização das águas - As águas do Rio São Francisco visam, prioritariamente, atender à demanda de abastecimento humano e suprir a necessidade de água para animais. O Projeto de Integração do São Francisco também é considerado um meio de promoção do desenvolvimento regional dos estados beneficiados. Após atender a prioridade de abastecimento, o projeto possibilitará o crescimento econômico, por meio do aproveitamento dos reservatórios locais. Com a chegada do reforço hídrico do São Francisco, a água local pode ser aproveitada para gerar renda e desenvolvimento socioeconômico das famílias nordestinas.

com Ascom

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Cidade terá água apenas três dias na semana, informa Cagepa


A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) informou nesta sexta (29) que o racionamento de água em Barra de Santana vai começar às 17h do sábado até as 5h da terça-feira, apenas a partir do dia 6 de junho.

Atualmente, a cidade fica sem água das 17h do sábado até as 5h da segunda.

A decisão da Cagepa afeta ainda o abastecimento em outras cidades como: Queimadas, Caturité, Campina Grande, Lagoa Seca, Alagoa Nova, Lagoa de Roça, Matinhas e Pocinhos.

De acordo com a Cagepa, o motivo para o aumento do racionamento é a crise hídrica vivida pelo açude de Boqueirão, que está com 18,7% da capacidade total, ou 76,8 milhões de metros cúbicos (m³), segundo dados da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), a quantidade de água que o açude recebeu neste mês de maio não foi suficiente para superar  o consumo.

Com G1

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Agricultor é assassinado no Sítio Barriguda II


Um agricultor foi assassinado por causa de um tonel de água, na quinta-feira (12) no Sitio Barriguda II. Segundo a Polícia Civil, ele ajudava o suspeito, todos os dias, a carregar a água de uma cisterna para o veículo do homem. Neste dia, a vítima Marivaldo da Silva, conhecida pelo apelido de "Vei" colocava ração para os seus animais, deste modo, solicitou que o acusado conhecido pelo nome de "Raminho Monteiro" aguardasse um momento, o que não foi aceito, informou a delegada Renatta Dias.
Raminho Monteiro (acusado)

Segundo informações, a vitima teria dito "Não sou seu empregado" o que teria motivado uma discussão e logo em seguida o fato.

Ambos estavam na cisterna pública da localidade. De acordo com a polícia, o agricultor de 28 anos foi morto por um tiro de espingarda. 

"Foi um motivo completamente banal. Segundo uma testemunha ocular, o acusado ia todos os dias ao local do fato para pegar água e sempre era ajudado pela vítima. No momento do crime, ele solicitou que o acusado aguardasse um momento. O homem foi embora, retornou cerca de 15 minutos depois, estacionou seu veículo na lateral do estábulo e o deixou ligado. Ao descer do veículo, portava uma espingarda e, sem dizer qualquer palavra, disparou contra a vítima. Logo em seguida, fugiu do local", explicou a delegada Renatta Dias.

A vítima foi socorrida, mas morreu antes de chegar ao hospital. O corpo foi encaminhado ao Numol de Campina Grande. Até as 19h (horário local), os policiais realizavam buscas na região, mas o suspeito não foi localizado.

com G1 e Renato Diniz
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...